NOTÍCIAS


18

Set
2018

Tecnologia

ENIT 2018 abre hoje na Promosul


Um simulador de fibra óptica e um sistema que capta a água da chuva e a transforma em água potável. Uma bicicleta que faz suco, uma câmara especial para a produção de “gifs”, com múltiplos efeitos, como o bumerangue. Um óculos de realidade aumentada que permite manutenções à distância e um sistema inteiro de ensino embasado na realidade aumentada. A maior máquina do país com capacidade para fazer cortes retos e em ângulos e a segunda maior impressora 3D do Brasil. Um robô autônomo e batalhas de robôs entre as universidades. Tudo isso e muito mais poderá ser visto a partir das 15 horas de hoje, na Promosul, quando o ENIT 2018 abre as portas para um universo de tecnologia e inovação.  

 

De 18 a 20 de setembro, o Encontro e Feira de Negócios, Inovação e Tecnologia vai transformar São Bento do Sul na capital tecnológica do Sul do país. Serão três dias de intensa programação, das 15 às 22 horas, com debates, palestras com renomados especialistas e workshops internacionais, como o que acontecerá nesta quarta-feira com a chinesa Monica Fang e na quinta com o paraguaio Aldo Benides, além de uma infinidade de inovações apresentadas por estudantes de ensino fundamental, médio e superior. No desafio “Escola que Inova”, que vai reunir 77 projetos voltados a encontrar soluções inteligentes às cidades, quase 400 alunos estarão envolvidos. No Inova – Congresso Nacional de Inovação e Tecnologia, participam universitários de todo o país.

 

Desde a última sexta-feira, técnicos e profissionais de 68 empresas preparam seus estandes. Multinacionais como a SCM Group estarão ao lado de micro, pequenos, médios e grandes empreendedores, que apostam no talento e na criatividade para resolver problemas que afetam o planeta Terra. A Bioconsultoria, por exemplo, empresa ligada à Incubadora Tecnológica de São Bento do Sul, vai apresentar solução para o temor da falta d´água, um invento que transforma água da chuva em água potável. A WBT Internet também vai explicar o surgimento da fibra óptica, inventada por acaso por um médico indiano que queria encontrar uma solução para realizar cirurgias com maior precisão. Técnicos da empresa, entre eles Daniel Kommert vão tentar reproduzir a experiência do médico durante o ENIT.

 

Empreendedorismo

 

Ao todo serão 8.000 metros quadrados de área, com empreendedorismo democrático e sustentável à mostra. Logo após a abertura acontece uma palestra sobre a importância do capital de giro. Na sequência, reúnem-se associações ligadas à Fundação Empreender, que desde os anos 90 traz grande movimentação empreendedora a São Bento do Sul e região. Enquanto isto, oito candidatas à startups apresentarão seus planos de negócios para investidores-anjo no Desafio ITfetep. “Alguém vai sair do ENIT com dinheiro na mão para começar seu negócio”, diz o gerente da Fetep, Osvalmir Tschoeke, informando que nesta edição, pela primeira vez a Fetep dará um prêmio de R$ 10 mil para a melhor proposta.

 

Aqueles que não conseguirem recursos dos anjos, podem aprender como conseguir dinheiro por meio de garantia de crédito. Quem vai explicar isto aos futuros empreendedores é o presidente da Facisc – Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina, Jonny Zulauf. Advogado e assessor jurídico da ACISBS, ele também é presidente da Garantenorte – Sociedade Garantidora de Crédito, criada para facilitar acesso ao crédito.

 

Indústria 4.0

 

Jonny Zulauf também participa do primeiro painel de debates do ENIT, sobre a indústria 4.0, a chamada quarta revolução industrial, a partir das 19 horas. O painel terá a participação de Renan Bonnard, pesquisador dos três Institutos SENAI de Inovação de Santa Catarina e de um especialista da engenharia do futuro, o engenheiro eletricista da Weg Drives & Controls, Albano Stratzmann Kanzler, que vai abordar o desenvolvimento de software aplicativo, para controle de processos industriais e máquinas em geral.

Gerente comercial do SCM Group, um dos maiores fabricantes de máquinas do mundo, Tiago R.S. Costa será o moderador do painel sobre a indústria 4.0. A primeira noite do ENIT terá ainda uma conversa entre engenheiros, agrônomos e arquitetos ligados ao CREA e a AEAPlAN, com o presidente do CREA-SC, Ari Neumann.