NOTÍCIAS


10

Set
2018

Ciência

300 jovens vão participar do “Escola que Inova” durante o ENIT 2018

 

O “Desafio Escola que Inova” é outro evento na programação do ENIT, para despertar o empreendedorismo nas crianças e jovens. Neste ano foram inscritos 72 projetos de inovação, com tema voltado ao conceito de cidades inteligentes (smart cities), apresentados por equipes de 14 escolas públicas e particulares de São Bento do Sul, Rio Negrinho e Piên. Cerca de 300 alunos do ensino fundamental e médio estarão envolvidos no desafio. Como estímulo à participação, os alunos dos projetos vencedores serão premiados com smartfhones e os professores que coordenam os grupos receberão um notebook.

Apenas o IFC – Instituto Federal Catarinense irá apresentar 30 projetos. Há uma explicação para o interesse. No ano passado, um dos grupos apresentou projeto de criação de um aplicativo para controlar a produção de alimentos. Não ficou entre os vencedores. Em contrapartida, rendeu frutos melhores. A Associação Amigos da Colônia comprou o aplicativo. “Antigamente as crianças saiam da escola imaginando em qual fábrica de móveis iriam trabalhar. Hoje as crianças pensam em qual startup irão montar”, conforme o gerente de negócios da Fetep, Joari Vepech, que coordena o “Escola que Inova”.