NOTÍCIAS


08

Set
2018

Ciência

Indústria 4.0 será debatida no ENIT 2018

Nanosatélites, aeronaves não tripuladas e sistemas ciberfísicos são o foco da pesquisa desenvolvida pelo diretor do Instituto de Inovação do Senai, André Luiz Pierre Mattei. Ele será um dos participantes do painel sobre indústria 4.0 na primeira noite do ENIT – Encontro e Feira de Negócios, Inovação e Tecnologia. Será dia 18 de setembro, às 19 horas, na Promosul, em São Bento do Sul.

 

Piloto militar e gerente técnico de projetos da Força Aérea Brasileira,Mattei é membro do Grupo de Pesquisa da Rede Brasileira de Fenotipagem Vegetal da Embrapa. No concorridíssimo ITA – Instituto Técnico da Aeronáutica, foi professor, coordenador do curso de graduação em engenharia aeroespacial, responsável pela criação do laboratório de pesquisas e curso de especialização em guerra eletrônica. Lecionou em universidades dos EUA e da França. Foi pesquisador científico de sensores a fibra óptica.

 

André Mattei é doutor em Ciências da Computação pela Universidade de São Paulo (USP), mestre em Física e engenheiro eletrônico pelo ITA; MBA em Gestão Estratégica pela ESPM; MBA em Processos pela UFF. Também fez curso de Estado-Maior pela Universidade da Força Aérea Brasileira. É oficial pela Academia da Força Aérea.

 

Outro especialista da engenharia do futuro vai participar do painel. Graduado pela Católica de Santa Catarina, o engenheiro eletricista da Weg Drives & Controls, Albano Stratzmann Kanzler vai abordar o desenvolvimento de software aplicativo, para controle de processos industriais e máquinas em geral. Albano desenvolve softwares para conversores de frequência e inversores WEG, além de desenvolver sistema de programação gráfica para o controle de máquinas e processos.

 

Gerente comercial do SCM Group, um dos maiores fabricantes de máquinas do mundo, Tiago R.S. Costa será o moderador do painel sobre a indústria 4.0. No ENIT 2018 a SCM fará o lançamento, para a América Latina, do óculos de realidade aumentada para uso em manutenções e setups, como são chamadas as mudanças de processo de fabricação de um determinado produto.

Automação no chão de fábrica

De acordo com pesquisa da CNI – Confederação Nacional da Indústria, 48% das grandes empresas brasileiras planejam investimentos vultosos na automação do chão de fábrica. Diante da relevância do tema, o debate sobre as transformações previstas pela indústria 4.0 também contará com a participação do presidente da FACISC – Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina e assessor jurídico da ACISBS – Associação Empresarial de São Bento do Sul, advogado Jonny Zulauf.

 

A FACISC engloba 145 associações empresariais catarinenses, representando 220 municípios e milhares de empresas associadas. Uma hora antes do painel, Jonny Zulauf também dará uma palestra sobre a Sociedade Garantidora de Crédito do Planalto Norte Catarinense (GaranteNorte) e sua importância para a liberação de crédito aos pequenos e médios empresários. Consulte a programação completa do ENIT no www.enit.org.br